Blog / Autor Convidado / Gestão de equipes e engajamento de times

Gestão de equipes e engajamento de times

Postado em 10/28/2021 10:24:30 AM

Este texto fala sobre um tema que é pertinente e desafiador para os profissionais de comunicação interna. Engajamento dos públicos estratégicos tem se constituído como um importante objetivo para as organizações.

Para comunicarmos é necessário ter o retorno, o feedback do público, caso contrário, o processo ficamos limitados ao ato de informar.

A palavra engajamento está no mindset de muitos gestores e empreendedores, mas na prática para atingirmos este nível há de se ter um esforço de comunicação bem assertivo.

Para engajar seus públicos, seus colaboradores, precisamos estar focados em um trabalho extenso e contínuo de comunicação. O engajamento é fruto de um trabalho articulado e gerido pelo seu plano de comunicação, ou seja, a forma como você planeja a comunicação interna da sua empresa.

No entanto, para buscar engajamento e conexão com o público interno, para além do planejamento de comunicação, temos a necessidade de entender a motivação pessoal dos nossos times.

O que realmente motiva o nosso colaborador? Escrevi esta frase em um planejamento de comunicação que realizei há alguns anos, e desde então esta indignação tem me acompanhado.

Seja no cotidiano profissional ou pessoal, o que mais as pessoas necessitam – ainda mais nestes tempos de pandemia – é conectar-se com as suas motivações pessoais.

Agora, para todo profissional de comunicação interna – e até mesmo de recursos humanos – o que pensamos é o seguinte: como a motivação pode impactar a performance da minha empresa?

Temos então uma série de teorias que nos ajudam a entender como os fatores externos podem conectar-se com valores e crenças pessoais, e assim formar a motivação individual.

Talvez a concepção mais elementar para entendermos as motivações seja a pirâmide de Maslow, que nos expõe diferentes graus de necessidades humanas para incitar o sujeito para a ação.

A pirâmide de Maslow nos diz que dependendo da necessidade humana, o indivíduo pode ter lógicas de motivação em busca da sua realização pessoal – o topo da pirâmide. Hoje temos outras teorias e vertentes que explicam como o sujeito pode lidar com o que o motiva.

Seja qual for a teoria, o importante é você ter em mente que é preciso reconhecer as motivações individuais de todos os membros da sua equipe.

O desafio de líderes, gestores, e principalmente dos times de Comunicação Interna, nos ambientes corporativos tem sido reorganizar e estruturar os seus esforços em prol do engajamento dos colaboradores.

A conectividade com a motivação pessoal, buscando a congruência com os valores e propósitos da organização, pode se revelar numa importante estratégia. Uma tarefa muito apropriada para os tempos que estamos vivendo – e aprendendo.

Acesse o Linkedin do autor Marcelo Tavares