Blog / Materiais SimplificaCI / 5 mitos sobre o suicídio – Setembro Amarelo

5 mitos sobre o suicídio – Setembro Amarelo

Postado em 9/1/2020 7:40:59 AM

Criada pela Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP, em parceria com o Conselho Federal de Medicina – CFM, o Setembro Amarelo é celebrado desde 2014 com o objetivo de salvar o máximo de vidas possível. O dia 10 de setembro marca o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, mas o tema deve ser debatido ao longo de todo o ano. 

Morte ainda é um tabu para diversas religiões e conversas dentro da empresa e no contexto familiar. É pensando em desmistificar alguns mitos e suavizar a temática para fortalecer o debate que a SimplificaCI criou um KIT de materiais para você compartilhar com os colaboradores, clique aqui para fazer download. 

Entre diversos fatores que dificultam o trabalho de prevenção está a desinformação e o preconceito. Em volta do tabu que é o suicídio, caminham muitos mitos que precisam ser quebrados de forma urgente. Trouxemos 5 mitos sobre o suicídio para que você leia, discuta com seus colegas, converse com sua família e fale abertamente sobre o assunto com crianças e jovens. Ajude você também a quebrar os mitos a seguir:

 

Mito:

Suicídio é uma decisão individual.

Verdade: 

Suicidas passam quase invariavelmente por doenças mentais que alteram sua percepção da realidade. Quando tratadas corretamente o desejo de suicídio desaparece.

 

Mito:

Uma vez suicida, o risco de nova tentativa é permanente.

Verdade:

Quando tratado corretamente, não haverá mais risco de suicídio.

 

Mito:

Quem ameaça se matar só quer chamar a atenção.

Verdade:

Boa parte dos suicídas declarou, dias e até semanas antes, sobre sua intenção para profissionais de saúde antes de se matar. A maioria dos suicidas dá sinais e fala sobre suas ideias de morte.

 

Mito:

Quando uma pessoa deprimida com pensamentos suicidas, melhora logo depois é sinal de que não há mais risco de suicídio. 

Verdade:

Se alguém que pretendia se matar melhora subitamente não significa que melhorou. Esse alívio pode ser exatamente pelo fato de já ter tomado a decisão de se matar.

 

Mito:

Quando uma pessoa sobrevive a um suicídio é sinal de que está fora de risco.

Verdade:

O período de recuperação pós tentativa de suicídio é o período mais perigoso. A semana seguinte a alta do hospital oferece grandes riscos de nova tentativa devido à fragilidade da pessoa.

 

Segundo a OMS, 90% dos casos de suicídio podem ser prevenidos. Muita atenção aos sinais. Lembre-se, se precisar de ajuda procure um médico ou peça apoio para quem confia. Informação é a melhor prevenção! Busque ajuda, converse com alguém de confiança, procure um profissional da saúde e peça ajuda ao CVV, ligue 188. 

Comece agora a simplificar a Comunicação Interna da sua empresa.

FALE COM UM CONSULTOR