Vamos falar sobre Redes Sociais?

Por SimplificaCI - 6/15/2018 6:00:46 PM

Blog SimplificaCI

Quantas redes sociais você usa diariamente para se comunicar, buscar informação ou apenas para acompanhar o dia-a-dia de amigos, familiares e até de celebridades?

Um estudo de 2017 da We Are Social e a plataforma Hootsuite, revelou que o Brasil está em terceiro no ranking de quem passa mais tempo na Internet. Em média, os brasileiros gastam 9 horas navegando na web, nas redes sociais o tempo gasto é de mais de 3 horas diárias. Em relação ao acesso às redes sociais, o Brasil está atrás apenas dos filipinos que passam 3 horas e 57 minutos navegando.

O celular é a principal fonte de acesso às redes sociais, dos 130 milhões de brasileiros que acessam as redes, 120 milhões acessam via mobile, o que representa 57% da população brasileira.

A conclusão é que todos estão conectados e recebendo informações das mais diversas fontes, inclusive as fake news, que são avassaladoras nas redes sociais e o profissional de Comunicação Interna precisa estar atento a isso também.

Sua empresa está nas redes sociais?
Se seu empregado está, a empresa também tem que estar presente.

Certamente a gestão das redes sociais nas empresas está vinculada à equipe de Marketing, Imprensa ou uma agência externa, mas a Comunicação Interna, como principal parceira desses departamentos precisa estar próxima quando o assunto for redes sociais.

O alinhamento entre a mensagem trabalhada externamente é fundamental para garantir coerência e evitar que os próprios empregados questionem os valores da empresa.

É muito comum cenas de empregados com comportamentos questionados pelos clientes serem expostos de maneira descontrolada pelas redes sociais. Fato este que interfere diretamente na reputação da empresa e na imagem do empregado.

Algumas empresas com medo e receio das possíveis crises envolvendo empregados nas redes sociais evitam manter-se presente nas redes ou então até proíbem o empregado de acessar as redes socais durante o horário de trabalho. Mas todos já sabemos que essa é uma medida paliativa e que não tem trazido bons resultados.

Diante disso as grandes empresas tem trazido essa discussão para as reuniões de diretoria que atualmente buscam formatar um manual de uso das redes sociais e orientações aos diretores e também para os demais colaboradores para evitar constrangimentos.

Neste manual é fundamental envolver Recursos Humanos, Marketing, Vendas e Jurídico para que todas as regras e orientações possam ser melhor assimiladas e que elas possam preservar a reputação da empresa e, principalmente, a imagem de seus empregados. Pense nisso! 😉